Atualizado 08/02/2018

A noite histórica de Damião no Inter e a injusta pressão que sofre da torcida

Centroavante sofre cobranças da torcida com apenas duas partidas disputadas neste ano

Será uma noite especial para Leandro Damião. Quando pisar no gramado do Beira-Rio na noite desta quinta-feira, contra o São José, o centroavante completará o jogo de número 200 pelo Inter. Uma história iniciada em 2009. Por coincidência, chegou ao Inter B em 2009 para ocupar justamente a vaga de Rafael Porcellis, liberado para jogar na Suécia e que, hoje, estará do outro lado, como titular do São José. 

 

O jogo da noite desta quinta-feira faz de Damião o segundo mais longevo com a camisa do Inter no time atual. Fica atrás apenas de D'Alessandro. Embora a data festiva, seus dias no Beira-Rio estão longe de serem sossegados. Mesmo com a participação decisiva na volta do time à Série A, com os oito gols em 17 jogos, ele vive sob desconfiança da torcida. Há cobranças por gols vindas das arquibancadas. Eles escassearam na reta final de 2017 e ainda não vieram neste começo de 2018. Damião fez um em outubro, no 1 a 0 sobre o Brasil-Pel, e dois em novembro, no dia 6, no 2 a 2 com o Luverdense. Parou por aí. 

Neste ano, Damião fez três partidas apenas. Mesmo assim, a torcida cobra de forma severa. Principalmente, porque agora há no banco de reservas um outro centroavante com gols no currículo. A chegada de Roger aumentou a pressão sobre o titular. Principalmente por ele ter sido um dos destaques na boa campanha do Botafogo em 2017. E, é claro, por ter colocado duas bolas na rede em sua estreia pelo Inter. 

Nesse contexto todo, Damião entra em campo nesta quinta-feira sem muito tempo para homenagens pelo jogo 200. Precisa urgentemente marcar gols para tirar de cima de si o olho graúdo da torcida. Aliás, se fizer três nesta noite, pode comemorar em dobro. Primeiro, porque reconquistará a paz com a torcida. Depois, porque chegará a 100 pelo Inter. E um centroavante com uma centena de gols por um clube, vamos combinar, adquire uma boa quantidade de créditos. 

Fonte: GAÚCHA ZH
© Copyright 2017 - Rede Nossa Rádio, Todos os direitos reservados Desenvolvido por HZ Soluções