Atualizado 12/03/2018

Briga no cara e coroa, chapelaria e troca de juiz: Gre-Nal é marcado por lances inusitados

Maicon e D’Alessandro discutiram antes mesmo de a bola rolar e deram mostra do que estava por vir no clássico

O Gre-Nal estava prestes a iniciar, com bola no centro e times postados em cada lado de campo do Beira-Rio, quando uma cena particular serviria de aperitivo para o que estava por vir neste domingo. Antes mesmo do apito inicial, os capitães D’Alessandro e Maicon batiam boca, num clássico que seria marcado por lances curiosos e até inusitados. Afinal, quem diria que o segundo tempo teria 57 minutos e atrapalharia até mesmo a saída de Renato Portaluppi do estádio, com voo marcado instantes depois do jogo? Pois foi o que aconteceu.

Abaixo, o GloboEsporte.com enumera momentos curiosos e importantes no clássico, válido pela derradeira rodada do Gauchão. A vitória por 2 a 1do Grêmio não somente garantiu a classificação tricolor como também colocou no horizonte dois novos Gre-Nais – agora, pelas quartas de final.

 

Briga no cara e coroa

 

 

Antes de a bola rolar no Gre-Nal, D'Alessandro e Maicon se desentendem

Antes de a bola rolar no Gre-Nal, D'Alessandro e Maicon se desentendem

Nem precisou a bola rolar para o bate-boca iniciar no Beira-Rio. Os ânimos se mostraram acirrados já na hora do cara ou coroa, no centro do campo. Capitães, D’Alessandro e Maicon se estranharam e trocaram algumas "gentilezas".

- Aconteceu nada. Ele (D'Alessandro) está sempre nervoso. É lance de par ou ímpar. Eu escolhi um lado e ele brigou pelo lado - disse Maicon, no intervalo do jogo.

Na leitura labial, o volante gremista pediu para o argentino não "apitar o jogo", o que gerou irritação imediata do gringo, enquanto o árbitro Jean Pierre tentava colocar ordem. Mas sabia o juiz que seria um dos personagens do clássico?

 

Chapelaria

 

Um dos melhores zagueiros do Brasil, postulante à convocação de Tite, Geromel teve grandes momentos na partida – além de uma atuação segura. No primeiro tempo, esbanjou categoria ao aplicar um "chapéu duplo. No mesmo lance, driblou Patrick e Roger, e ainda saiu com a bola dominada.

 

globoesportecom@globoesportecom

Olha a chapelaria do Geromel passando no seu feed!

 

 

Homem Gre-Nal

 

 

GOLLL! Luan bate no canto direito de Lomba, que voa para o canto esquerdo aos 28m do 1T

GOLLL! Luan bate no canto direito de Lomba, que voa para o canto esquerdo aos 28m do 1T

Cada clássico é marcado por personagens que ficam para a história. Não foi diferente neste, no qual Luan sairia como protagonista. Além de abrir o placar, ainda converteu a penalidade que resultou no segundo gol do time e também abriu gordura para o segundo tempo.

 

Podia ter “matado”

 

 

Everton chuta no canto esquerdo de Lomba, mas a bola sai aos 48m do 1T

Everton chuta no canto esquerdo de Lomba, mas a bola sai aos 48m do 1T

Foi como um discurso combinado. Ao final do jogo, todos no Grêmio falavam de como poderiam ter matado o jogo no primeiro tempo. Aos 47 minutos, Everton foi lançado por Luan com liberdade na grande área. O jovem atacante bateu colocado e deixou de ampliar o marcador por detalhe.

 

Inter “acorda”

 

 

GOOOLLL DO INTER! Rodrigo Dourado marca aos 3m do 2T

GOOOLLL DO INTER! Rodrigo Dourado marca aos 3m do 2T

Após um primeiro tempo sonolento, o time de Odair somente acordaria para a partida no início do segundo. Logo aos dois minutos, Rodrigo Dourado descontou de cabeça, ao desviar escanteio cobrado por D’Alessandro.

 

Substituição do juiz

 

 

 

Jean Pierre Lima sofre uma lesão na panturrilha direita

Jean Pierre Lima sofre uma lesão na panturrilha direita

Aos 20 minutos do segundo tempo, mais um lance inusitado. O árbitro Jean Pierre Lima sentiu uma fisgada na panturrilha e precisou ser substituído na partida. O quarto árbitro, Jonathan Pinheiro, saiu da beira do campo para assumir o apito.

 

Odair sai de cena

 

No final da partida, Gabriel Dias se estranhou com Geromel, o que resultou num princípio de confusão. Preparador físico do Inter, Cristiano Nunes invadiu o campo e acabou expulso. E quem também foi retirado do jogo foi o técnico Odair Hellmann, que saiu inconformado com o juiz Jonathan Pinheiro.

View image on Twitter

View image on Twitter

 

 

Expulso, Odair reclamou muito da arbitragem. Agora, assiste aos minutos finais no túnel de acesso aos vestiário

 

Na entrevista coletiva, porém, o vice de futebol Roberto Melo explicou que o técnico não foi expulso. A exclusão foi de Nunes, por invadir as quatro linhas durante a confusão entre os jogadores. Conforme regulamento, se um membro da comissão técnica é expulso, o treinador também precisa se retirar.

 

Voo de Renato

 

Renato Gaúcho concedeu coletiva relâmpago  (Foto: Eduardo Moura)

Renato Gaúcho concedeu coletiva relâmpago  (Foto: Eduardo Moura)

Renato Gaúcho concedeu coletiva relâmpago (Foto: Eduardo Moura)

Se o Gre-Nal foi marcado por lances inusitados, a coletiva do técnico Renato Portaluppi foi mais ainda. Após vencer o clássico por 2 a 1, o treinador levou menos do que um minuto para falar sobre a classificação. O motivo: estava atrasado para um voo marcado para o Rio de Janeiro. E ainda apontou culpados pelo atraso:

– Falei para o Jean Pierre (árbitro): "Não tem condições, sai. Tenho um voo a pegar”.

 

Incidentes extracampo

 

O clássico também contou com inúmeros incidentes extracampo. Assim que o jogo encerrou, as duas torcidas iniciaram uma guerra de cadeiras depredadas do Beira-Rio. Além disso, uma jornalista gravou e registrou boletim de ocorrência por uma agressão sofrida antes do jogo.

 

Renata de Medeiros@rmedeirosrenata

"Sai daqui, puta", gritou um torcedor do Inter pra mim. Pedi que repetisse enquanto eu filmava. Me agrediu. Nunca achei que fosse passar por isso TRABALHANDO 😔

Fonte: GLOBO ESPORTE.COM
© Copyright 2017 - Rede Nossa Rádio, Todos os direitos reservados Desenvolvido por HZ Soluções