Atualizado 11/08/2017

Comemoração de 40 edições da Expointer marca lançamento da feira de 2017

Para a 40ª edição da Expointer, a expectativa dos organizadores é repetir os números de 2016, quando o volume de negócios chegou a R$ 1,92 bilhão.

"O campo cria o futuro" é o tema da Expointer 2017, que acontece de 26 de agosto a 3 de setembro, no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio. O lançamento da feira ocorreu no Theatro São Pedro, na manhã desta quinta-feira (10). O destaque deste ano é a comemoração das 40 edições de um dos maiores palcos da agropecuária na América Latina.

A celebração teve a apresentação do humorista Jair Kobe, o Guri de Uruguaiana, da Orquestra de Câmara do teatro e do CTG Rancho da Saudade. Vídeos contaram a história da feira e de quem fez a Expointer chegar a ser o que é hoje. Os cantores gaúchos Elton Saldanha, Daniel Torres e Erlon Péricles interpretaram a música tema dessa edição, “40 anos de História”.

“A cada edição da Expointer, celebramos a força do campo e dos nossos produtores, que mantêm seu dinamismo mesmo diante das dificuldades e seguem mostrando ao mundo o que há de melhor na agricultura e na pecuária do Rio Grande do Sul”, disse o governador José Ivo Sartori. Ele ainda salientou que a Expointer é um evento consolidado, “porque é resultado de uma construção coletiva”.

Sartori aproveitou para agradecer às entidades parceiras e ressaltar a importância do “agro” na economia gaúcha. “Vivemos tempos de travessia no Estado. E na caminhada rumo ao futuro, a Expointer é uma grande motivação. Uma clara demonstração da pujança, da superação e do potencial do setor primário no estado. Porque o campo cria o futuro. E o nosso futuro é o Rio Grande”, afirmou Sartori.


Sartori ressaltou o potencial do setor primário no Rio Grande do Sul / Dani Barcellos/Palácio Piratini

Ao final da fala do governador, subiram ao palco o neto do ex-secretário de Agricultura, Luciano Machado - responsável pela transferência da feira do bairro Menino Deus para Esteio -, também Luciano Machado; e o filho do ex-secretário da Agricultura Edgar Sim - que levou a mostra para o Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio, em 1972 -, Carlos Sim. Acompanhados do secretário da Agricutura, Pecuária e Irrigação, Ernani Polo, apresentaram a bandeira original da Expointer de 1972.

Participaram do evento o prefeito de Esteio, Leonardo Pascoal, deputados, secretários de Estado e dirigentes das entidades promotoras da 40ª Expointer: o presidente do Simers, Cláudio Bier; o diretor da Farsul, Francisco Schardong; o presidente da Fetag, Carlos Joel da Silva; o presidente da Febrac, Eduardo Finco; o presidente da Ocergs, Vergilio Périus; e o presidente da ABCC, Eduardo Sune.



 Expointer 2017

Para a 40ª edição da Expointer, a expectativa dos organizadores é repetir os números de 2016, quando o volume de negócios chegou a R$ 1,92 bilhão. “Pelo cenário que estamos vivendo, se conseguirmos repetir o volume de negócios já é um bom resultado. É claro que a gente sempre busca mais, o desejo é esse. E se analisarmos as feiras que já aconteceram este ano, verifica-se uma pequena recuperação”, afirmou o secretário Ernani Polo.

Além dos negócios, Polo destacou que a Expointer é o espaço onde ocorre o encontro da cidade com o campo e “é uma oportunidade para o produtor adquirir conhecimento nos painéis, seminários e encontros técnicos”.

No ano passado, a venda de máquinas cresceu 12,95% em relação a 2015. As propostas e os negócios fechados durante a feira somaram R$ 1,9 bilhão. A comercialização de animais totalizou R$ 11,77 milhões.


Polo destacou que a Expointer é o lugar onde cidade e campo se encontram / Dani Barcellos/Palácio Piratini

Animais em 2017

A feira deste ano tem 3.207 animais de argola, de 88 raças, inscritos nas competições. Excluindo pássaros e aves, impossibilitados de participar devido à gripe aviária, o número se manteve estável em relação a 2016.

Pela primeira vez, os ovinos naturalmente coloridos participam da exposição oficial com seis raças:  Corriedale, Romney Marsh, Hampshire Down, Texel, Ile de France e Suffolk. No gado de corte, houve um aumento expressivo na participação da raça Normanda, que passou de oito para 25 animais inscritos, e um crescimento de 44% nas inscrições de zebuínos. Vinda de Minas Gerais, a raça Guzolando - de aptidão leiteira, resultado da mistura entre Guzerá e Holandês - é a estreante da feira.

As inscrições para os animais rústicos terminam no dia 14 de agosto, na Secretaria da Agricultura, Pecuária e Irrigação, juntamente com a dos animais para leilão, provas e apresentações. O ingresso dos animais começa no dia 21, às 8h.

Agricultura Familiar

A 19ª Feira da Agricultura Familiar vai contar com 201 empreendimentos dispostos em 198 espaços e mais quatro cozinhas. São 145 agroindústrias familiares, 47 artesanatos rurais, plantas e flores. Ao todo, a mostra envolve 1.340 famílias de 131 municípios gaúchos. A feira terá também seis expositores de Minas Gerais. Em 2016, o Pavilhão da Agricultura Familiar superou os R$ 2 milhões em vendas.

“A Expointer é uma excelente oportunidade para o público da Região Metropolitana não apenas saborear e levar para casa produtos de alta qualidade, mas ver como o Rio Grande do Sul acredita e investe na agricultura familiar”, afirmou o secretário de Desenvolvimento Rural, Pesca e Cooperativismo, Tarcisio Minetto.


Minetto destacou os investimentos que o Estado faz na agricultura familiar / Dani Barcellos/Palácio Piratini

Aplicativo

Como nos últimos dois anos, quem for à Expointer 2017 pode baixar o aplicativo que contém dicas e informações da feira.

Atrações

A programação conta com mais de 280 atrações simultâneas, entre exposições, palestras técnicas, shows e eventos culturais, além dos julgamentos e leilões de animais.

Melhorias

“O parque está pronto para receber os expositores e os visitantes da 40ª Expointer”, garantiu o subsecretário do Parque de Exposições Assis Brasil, Sérgio Bandoca Foscarini. Além de pintura e manutenção habituais, este ano, as placas de sinalização com referência às quadras foram trocadas. Também foi colocado asfalto novo na entrada do Portão 7.

O parque

O Parque Assis Brasil tem 45,3 mil metros quadrados de pavilhões cobertos, 70 mil metros quadrados de área de exposição, nove espaços para leilões, auditórios e 19 locais para julgamentos. A estrutura conta também com 10 mil vagas de estacionamento, postos médicos, restaurantes, agências bancárias e internet.

 

Texto: Mirella Poyastro/Secom
Edição: Sílvia Lago/Secom

© Copyright 2017 - Rede Nossa Rádio, Todos os direitos reservados Desenvolvido por HZ Soluções