Atualizado 06/02/2018

Grêmio fez a menor pré-temporada em cinco anos

Má campanha do time de transição antecipou volta dos titulares

Talvez não seja tudo, mas a curta duração da pré-temporada do Grêmio ajuda a explicar as dificuldades do Grêmio neste começo de 2018. Nos últimos cinco anos, este é o menor período de preparação da equipe - somente 17 dias, espaço de tempo que causa arrepio em qualquer preparador físico.

Em 2014, entre o começo da preparação e o primeiro jogo, decorreram 20 dias. Em 2015, foram 23. Em 2016, o Grêmio entrou em campo com apenas 18 dias de preparação, mas para um amistoso contra o Danúbio-URU. Somente cinco dias mais tarde jogaria a primeira partida oficial, contra o Avaí, pela Primeira Liga. No ano passado, decorreram 23 dias entre a primeira atividade física e a estreia no Gauchão.

É o ônus de ter disputado o Mundial, resume Marcelo Grohe. Na verdade, a entrada em campo pela primeira vez da equipe principal estava prevista para esta quarta, contra o Brasil-Pel. Só foi antecipada pela desastrosa campanha do time de transição.

2014
Reapresentação - 7/1
1º jogo - 26/1
Total da pré-temporada: 20 dias

2015
Reapresentação - 9/1
1º jogo - 31/1
Total da pré-temporada: 23 dias

2016
Reapresentação - 6/1
1º jogo - 28/1 
Total da pré-temporada: 23 dias

2017
Reapresentação - 11/1
1º jogo - 2/2
Total da pré-temporada: 23 dias

2018
Reapresentação - 18/1
1º jogo - 3/2
Total da pré-temporada: 17 dias

Fonte: GAÚCHA ZH
© Copyright 2017 - Rede Nossa Rádio, Todos os direitos reservados Desenvolvido por HZ Soluções