Atualizado 08/02/2018

Relembre as partidas mais recentes de Inter x São José

Equipes de Porto Alegre travaram duelos marcantes nos últimos anos

Inter e São José, que se enfrentam às 20h desta quinta-feira no Estádio Beira-Rio, em partida antecipada da 10ª rodada Gauchão, têm protagonizado confrontos memoráveis nos últimos anos. Um deles valeu até troféu e marcou a despedida de D'Alessandro, que iria para o River Plate. Também houve partida por semifinal do Estadual e um empate com oito gols. Veja alguns dos jogos.

Bicicleta 4x4 (2015)

Enquanto Diego Aguirre construía o Inter semifinalista da Libertadores, o Zequinha foi ao Beira-Rio e fez os colorados sofrerem. Ao final, um jogaço e empate em 4 a 4, com o atacante Jô, ex-Inter, marcando um golaço de bicicleta por cobertura em Alisson, em um dos mais belos gols do novo Beira-Rio até hoje, e que rendeu ao atacante um novo apelido: "Jô da Bike".

— O 4 a 4 foi um jogo maluco e marcante. Saímos levando 3 a 0 do Inter e buscamos sempre. O jogo chegou a a estar 4 a 2  e buscamos outra vez — recorda China Balbino, auxiliar do técnico Gilson Maciel naquela noite e, no ano seguinte, treinador do São José. — A atmosfera estava muito boa para o nosso time, mesmo quando estávamos perdendo. Nos mantivemos confiantes o jogo todo — completa ele. 

Título no adeus de D'Ale (2016)

O Inter abriu o calendário de jogos oficiais justamente enfrentando o São José no Passo D'Areia. A partida, além de contar pela abertura do Gauchão, valia também a Recopa Gaúcha. Após um renhido 0 a 0, o Inter se sagrou campeão nas penalidades, vencendo por 3 a 2. O jogo se tornou emblemático porque causou uma ruptura na história recente do Inter: foi a despedida de D'Alessandro. Desgastado com a direção do clube, a relação do capitão com os dirigentes se deteriorou de vez em meio à Florida Cup. Menos de 48 horas depois de dar a volta olímpica no Passo D'Areia, D'Alessandro se apresentou ao River Plate. 

Semifinal pegada (2016)

Já sem o meia argentino, o Inter voltou a encontrar o Zequinha, agora, na semifinal do Estadual, No Beira-Rio, empate em 0 a 0, no jogo de volta, mais sofrimento, e uma partida decidida aos 29 minutos do segundo tempo, com um gol do hoje marcado pela torcida do Inter Ernando — o time de Argel Fucks avançou à final e conquistou o hexacampeonato, batendo o Juventude de Antônio Carlos Zago.

A birra de Nico (2017)

São José e Inter se encontraram em Novo Hamburgo. Com o Passo D'Areia impedido de receber as torcidas, devido a questões de segurança, o Zequinha mandou o jogo no Estádio do Vale. De novo, uma partida complicada. O Inter de Zago saiu ganhando por 2 a 0, com gols de Brenner e Roberson, mas viu o adversário mandar na partida no segundo tempo, descontar para 2 a 1 e, por muito pouco, não empatar. O jogo ficou marcado pela cena de Nico López no intervalo, sentado no banco de reservas, emburrado, e sem participar da roda de bobinho. Permaneceu no banco o jogo todo e, ao final, ouviu de Antônio Carlos Zago que precisava "lutar por seu espaço". O treinador acabou demitido exatos dois meses e um dia depois.

 

Fonte: GAÚCHA ZH
© Copyright 2017 - Rede Nossa Rádio, Todos os direitos reservados Desenvolvido por HZ Soluções