Atualizado 15/05/2019

A importância do calcário no solo

 

            Grande parte dos solos da nossa região apresenta nível de acidez prejudicial às culturas. Isso ocorre em função da formação geológica destes solos. Para corrigir essa acidez e proporcionar condições favoráveis ao desenvolvimento das plantas é necessário o uso do calcário.

            A utilização do calcário na agricultura apresenta uma série de vantagens, dentre as quais podem ser destacadas:

- Diminuição do efeito tóxico do Alumínio nas plantas;

- Aumento da disponibilidade dos nutrientes para as plantas, como é o caso do Nitrogênio, Fósforo, Potássio, Cálcio, Magnésio, Enxofre e Molibdênio, melhorando o desempenho das plantas;

- Melhora a ação dos fertilizantes aplicados nas culturas;

- Melhora a microbiologia do solo;

- Aumento o desenvolvimento radicular, fazendo com que as plantas aproveitam os nutrientes de um volume maior de solo e as torna mais resistentes a falta de chuvas;

-Aumento da produtividade das culturas pelo resultado de um ou mais benefícios citados anteriormente.

            De acordo com os levantamentos realizados pelo Escritório Municipal da Emater/RS-Ascar de Nova Candelária, das 90 análises de solo apresentadas e analisadas em 2019, 81,1% possuem pH igual ou inferior a 5,5% e 77,8% delas possuem alumínio tóxico em diferentes níveis de concentração e com diferentes efeitos prejudiciais ao desenvolvimento das plantas.

            Estes dados indicam a necessidade de fazer uma avaliação sobre o uso destes solos, incluindo as questões de compactação, de rotação de culturas, da presença de erosão, da utilização de fertilizantes químicos e orgânicos, da presença de palha entre outros aspectos.

            A partir daí faz-se a recomendação da aplicação do calcário, baseando-se na análise dos solos, que é a ferramenta adequada para a tomada de decisão do uso ou não do calcário e as quantidades a serem aplicadas.

            Importante destacar a necessidade de a coleta da amostra do solo ser realizada corretamente, representando toda a gleba e com a devida interpretação por um profissional da área agronômica, permitindo assim, o uso de corretivos e fertilizantes de acordo com a realidade do solo e a expectativa de rendimento das culturas.

            Com o objetivo de melhorar a fertilidade dos solos, a Secretaria Municipal da Agricultura com apoio da Emater/RS-Ascar, desenvolve- o Programa Municipal de Correção do solo. Este programa subsidia a aplicação do calcário nos solos visando a correção da acidez e o aumento da produtividade das culturas e a renda das famílias. Têm-se a disposição o espalhador de calcário, que se encontra no parque de máquinas e é utilizado conforme o cronograma de uso pelos produtores.

            Aliado a isso, e com o apoio da Secretaria de Obras, realiza-se o programa de conservação do solo e da água, por meio da construção de terraços, de curvas em nível e captadores de água nas propriedades.

Fonte: Secretaria da Agricultura, Abastecimento e Meio Ambiente de Nova Candelária / Escritório Municipal da Emater/RS-Ascar.
© Copyright 2017 - Rede Nossa Rádio, Todos os direitos reservados Desenvolvido por HZ Soluções