Atualizado 09/04/2018

Argentina torna-se o principal destino do calçado brasileiro

Os Estados Unidos perderam a liderança no ranking

As oscilações no câmbio mexeram nas exportações nos últimos anos e mudaram o ranking de destinos das exportações de calçados. Pela primeira vez, a Argentina tornou-se o principal destino, ultrapassando os Estados Unidos no primeiro trimestre de 2018. 

Os argentinos importaram 2,4 milhões de pares por US$ 39,14 milhões nos três primeiros meses do ano. Foi uma alta de 14,4% em volume e de 9,8% em receita, na comparação com o mesmo período de 2017. 

O levantamento é da Associação Brasileira das Indústrias de Calçados. Presidente da Abicalçados, Heitor Klein lembra que os Estados Unidos eram o principal destino desde os primeiros embarques, no final da década de 60.

— Mas é um mercado muito sensível ao preço e portanto vem diminuindo suas compras brasileiras desde 2017, tanto que acabou sendo ultrapassado pela Argentina agora — comenta o executivo.

No ano passado, as exportações para os Estados Unidos já tinham caído 14% tanto em pares como em valores. No primeiro trimestre, os norte-americanos compraram 2,8 milhões de pares, somando US$ 37,13 milhões. Foram quedas de 11,5% em volume e de 22,6% em receita.

O terceiro destino do trimestre foi a França. Segundo a Abicalçados, a França importa basicamente chinelos e  injetados brasileiros, que são produtos de menor valor agregado. 

No geral, os calçadistas brasileiros exportaram 30,47 milhões de pares que geraram US$ 250,12 milhões. Houve queda de 2,7% em volume e de 3,4% em receita. 

Fonte: GAÚCHA ZH
© Copyright 2017 - Rede Nossa Rádio, Todos os direitos reservados Desenvolvido por HZ Soluções