Atualizado 02/07/2018

Lula se compara a Tiradentes em novo vídeo: "O enforcado virou herói"

Em depoimento gravado antes de ser preso, ex-presidente disse que tinha certeza que "passaria para a história"

Preso na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba desde 7 de abril, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva não só voltou a afirmar sua inocência como se comparou a um personagem emblemático da história brasileira. Em um vídeo divulgado no Twitter neste domingo (1º), usou do exemplo do líder revoltoso Tiradentes (1746 - 1792) para explicar quem acaba, de fato, "entrando para a história". 

No vídeo gravado antes de ser detido pela Polícia Federal, Lula recheou sua fala colocando-se contra a quem chamou de "eles", sem esclarecer a quem se referia. Também alegou ter sido preso para evitar que voltasse a ser presidente. No fim do depoimento, mencionou Tiradentes e observou que "o enforcado virou herói".

— Não sei se estou em uma situação difícil ou se eles estão em uma situação difícil. Estou na situação de um inocente que está sendo julgado para evitar que esse inocente volte a fazer o melhor governo do Brasil. Não se eles estão com a consciência tranquila para fazer esse serviço porque eles sabem que a história se constrói em muitos anos. Eles não sabem como irão entrar para história, eu sei. Eu sei que vou passar para a história como o presidente que mais fez inclusão social nesse país. Eu sei que vou passar para a história como o presidente que mais fez universidades, que mais fez escolas técnicas, que mais colocou jovem nas universidades desse país. Não sei se eles vão passar para a história como juízes ou como algozes. O herói não é o cara que enforcou Tiradentes. Foi o enforcado que virou herói — disse.

O ex-presidente deu uma série de depoimentos sob sigilo, feitos antes do cárcere, para serem usados para defender sua inocência e para campanha eleitoral do PT. As imagens foram feitas pelo seu fotógrafo oficial, Ricardo Stuckert.

Fonte: GAÚCHA ZH
© Copyright 2017 - Rede Nossa Rádio, Todos os direitos reservados Desenvolvido por HZ Soluções