Atualizado 05/12/2018

Minas leva susto no segundo set, mas vence o Zhejiang e garante vaga na semifinal do Mundial

Equipe venceu as chinesas por 3 sets a 1, garantindo a segunda vitória na competição e a vaga na semifinal

O Minas está classificado para as semifinais do Mundial de Clubes de Vôlei, disputado na China. A equipe brasileira venceu o Zhejiang por 3 sets a 1 (parciais de 25/12, 21/25, 25/10 e 25/17). Com duas vitórias e cinco pontos, o Minas decidirá o primeiro lugar no grupo A contra o Istanbul, na sexta, às 7h (de Brasília). Já o Zhejiang, equipe anfitriã da competição, ocupa o último lugar, ainda sem vitórias.

Com soberania na maior parte do jogo, o Minas foi melhor em todos os fundamentos e contou com muitas falhas das chinesas. Apenas no segundo set a equipe da casa foi superior, com destaque para Yanhan Liu, que terminou a partida com 11 pontos. Do lado brasileiro, o principal destaque do Minas foi a ponteira Gabi, que marcou 28 pontos, e teve grande aproveitamento nos ataques.

 

Primeiro Set

 

O Minas dominou o primeiro set e venceu as chinesas com facilidade por 25 a 12. Soberana em todos os fundamentos, a equipe brasileira sobrou em quadra, com destaque para a boa passagem da levantadora Macris pelo saque, logo no início da partida, abrindo quatro pontos de frente. O Zhejiang cometeu erros bobos de posicionamento e apresentou muita dificuldade na recepção. A equipe chinesa mostrou pouco entrosamento em quadra, principalmente por ter quatro novas jogadoras, contratadas especialmente para o Mundial.

Do outro lado, o Minas esbanjou entrosamento. Com execelente distribuição dos passes, a equipe mineira terminou o set com 18 pontos de ataque, contra apenas seis das chinesas. Bruna e Natália foram as principais pontuadoras, com cinco pontos cada uma.

 

 

 

Segundo Set

 

No segundo set o Zhejiang voltou bem diferente e o jogo foi equilibrado, com boas jogadas. As chinesas venceram por 25 a 21, com destaque para a ponteira Yanhan Liu. Mais concentradas, errando menos e com notável melhora na recepção, a equipe anfitriã chegou a abrir seis pontos de frente na partida.

O Minas cometeu muitos erros de saque, não sendo tão eficiente no ataque como no primeiro set. No final, a equipe brasileira correu atrás do prejuízo e conseguiu diminuir a diferença para dois pontos, com destaque para a passagem de Natália pelo saque. Apesar disso, a reação nos momentos finais do set não foi suficiente para evitar a vitória das chinesas, que empataram o jogo.

 

Terceiro Set

 

O terceiro set voltou a ser dominado pelo Minas, que venceu com muita tranquilidade por 25 a 10. Apesar de um início equilibrado, as brasileiras rapidamente tomaram o controle da partida, com Gabi virando tudo.

Com o placar favorável, o Minas jogou mais confortável e confiante, voltando a forçar erros das adversárias. Natália mais uma vez mostrou ótimo aproveitamento no saque. O técnico italiano Stefano Lavarini aproveitou o bom momento no jogo para rodar o elenco, colocando em quadra a oposta Malu e a líbero Geórgia, que entrou para sacar e não decepcionou.

 

Quarto Set

 

O último set começou com pressão das chinesas, que conseguiram abrir quatro pontos de frente. O Minas conseguiu reagir forçando o saque, durante a passagem da central Mara pelo fundamento. Depois, com boa vantagem no placar, o Minas administrou o jogo e venceu o set por 25 x 17.

Assim como no terceiro set, a ponteira Gabi desequilíbrou para o lado das brasileiras. Natália também foi muito importante, sendo participativa no ataque e na defesa.

Fonte: G1.GLOBO
© Copyright 2017 - Rede Nossa Rádio, Todos os direitos reservados Desenvolvido por HZ Soluções