Atualizado 19/07/2018

Quinta-feira será de sol e calor no Rio Grande do Sul

Em Porto Alegre, a máxima deve chegar perto do 30°C

A chuva dá trégua ao Rio Grande do Sul nesta quinta-feira (19). As instabilidades ficam concentradas sobre o Uruguai e o dia começa com poucas nuvens sobre o Estado. Os ventos sopram do quadrante norte, o que segura as temperaturas e impede que o dia comece com frio. 

Em Porto Alegre, o mês de julho tem sido de extremos. A temperatura máxima tem variado bastante: depois de chegar a 29,2°C no domingo (15), caiu para 20,7°C na segunda-feira (16) e para apenas 18,6°C na terça (17). Na quarta (18), porém, voltou a subir e chegou a 27,7°C. Para esta quinta, a tendência é de mais calor e máxima de 29°C.

O tempo seco persiste entre os períodos da manhã e da tarde em todo o Estado. Com o predomínio de sol, o calor, e os ventos de norte, a sensação de abafamento segue forte durante a tarde, com máximas próximas de 30°C no norte gaúcho. No entanto, no período da noite, o tempo muda em áreas de fronteira com Uruguai, por conta da formação de uma nova área de baixa pressão junto a uma frente fria no Sul, que provoca pancadas desde o Oeste até o Sul gaúcho. Conforme as instabilidades se intensificam, os ventos ganham força, com rajadas de intensidade moderada nos municípios próximos ao Uruguai. 

Na sexta-feira (20), a frente fria avança pela Região Sul e provoca chuva em todo o Rio Grande do Sul ao longo do dia. As pancadas mais intensas e volumosas ficam concentradas entre o oeste e o sul gaúcho, incluindo a região da Campanha, onde os acumulados podem alcançar mais de 30 milímetros em apenas 24 horas. Há risco para temporais, com muitas trovoadas e ventos intensos no Estado. As temperaturas durante o dia sobem pouco devido a grande concentração de nebulosidade. A partir do período da noite, conforme os ventos mudam de direção e passam a soprar do quadrante sul, o frio ganha força em todo o Rio Grande do Sul.

Para sábado (21), há chance de chuva congelada em regiões da serra gaúcha e de Canguçu, além de condição para geada no Extremo Sudoeste. Tudo isso deve acontecer no começo do dia, entre a madrugada e as primeiras horas da manhã, por causa de uma de baixa pressão em alto mar, que mantém as condições para chuva junto ao frio. Ao longo do sábado, o céu vai abrindo a sensação de calor vai aumentando um pouco. Porém, ainda há condições para ventos fortes na costa leste gaúcha.

TENDÊNCIA

No domingo (22), não há previsão de chuva no Rio Grande do Sul, pois a frente fria se afasta. Em compensação, as temperaturas ficam baixas. Há risco para geada nas primeiras horas do dia em áreas da Campanha e também entre as serras gaúcha e catarinense.

Fonte: GAÚCHA ZH
© Copyright 2017 - Rede Nossa Rádio, Todos os direitos reservados Desenvolvido por HZ Soluções