Atualizado 21/05/2019

Segundo da lista tríplice para procurador-geral deve ser indicado por Leite

O Governador Eduardo Leite recebeu nessa segunda-feira à tarde a lista tríplice para a escolha do procurador-geral de Justiça na gestão 2019/2021. O atual procurador-geral, Fabiano Dallazen, recebeu 410 votos (50,9%), Márcio Schlee Gomes obteve 342 votos (42,4%) e Luiz Henrique Barbosa Lima Faria Corrêa, 54 votos (6,7%). Leite tem prazo de 15 dias para escolher e nomear o futuro titular do cargo e, segundo informações que circulam nos bastidores, deve optar pelo segundo colocado, Márcio Gomes, que obteve 68 votos a menos que Dallazen. 

 

 

Ele atua em Pelotas e contaria com o apoio da prefeita Paula Mascarenhas (PSDB). Esta não seria a primeira vez que um governador não nomeou o primeiro nome da lista tríplice. Pelo menos em três gestões ocorreu o mesmo: nas de Olívio Dutra e Tarso Genro, ambos do PT, e na de Yeda Crusius (PSDB).

Há dois anos, ampla vantagem

Na disputa de 2017, Fabiano Dallazen também foi o primeiro da lista tríplice do MP, mas com margem bem mais alta em relação ao segundo colocado do que a obtida este ano. À época, ele conquistou 582 votos, seguido por Fernando Cesar Sgarbossa, com 166 votos. 

Fonte: JORNAL CORREIO DO POVO
© Copyright 2017 - Rede Nossa Rádio, Todos os direitos reservados Desenvolvido por HZ Soluções